sábado, 3 de outubro de 2015

SOBRE O DOCUMENTÁRIO "COWSPIRACY - O SEGREDO DA SUSTENTABILIDADE"

             Muitos de vocês já devem ter ouvido falar no documentário “Uma Verdade Inconveniente” do ex vice-presidente dos EUA, Al Gore. Sempre nos deparamos com notícias e dados sobre emissão de gases que aumentam o aquecimento global e falta de água. Nos mandam a todo momento: fechem a torneira enquanto escovam os dentes e lavam a louça, desliguem o chuveiro enquanto se ensaboam. Comprem carros híbridos, andem de bicicleta... Bom, independente da verdade estas são sim medidas que devemos tomar no nosso dia-a-dia pra colaborar com um mundo mais saudável e sem desperdício. Mas o que você nem imagina é que a principal causa de todos esses problemas que a Terra têm passado e que só tende a piorar é sempre escondida. Não pode ser falada e muitos que ousaram tocar no assunto já foram mortos, inclusive aqui no Brasil.


              Grandes ONGs ambientalistas bradam aos 4 ventos sobre os males que o ser humano tem causado ao meio ambiente, mas quando seus líderes são perguntados sobre a pecuária, apenas se calam. Isso tudo que vem acontecendo no mundo é extremamente grave. Os grandes chefões da pecuária estão totalmente atrelados ao governo de uma forma que não se pode tocar no assunto. Mas o mundo grita por socorro e temos todes que agir o mais depressa possível. Você deve estar pensando “não, a culpa não é minha, mas sim das grandes empresas poluidoras e, já que você disse, dos grandes pecuaristas”. Não. A culpa é totalmente nossa. Pois os pecuaristas produzem pra quem? Pra nós, pros consumidores finais. Se não tiver quem compre eles não vão produzir, pois querem apenas lucro.
              E é isso que os corajosos Kip Andersen e Keegan Kuhn mostram no documentário Cowspiracy – O Segredo da Sustentabilidade. No documentário lançado no final de 2014, Andersen descobre dados da ONU na internet que mostra que a pecuária é de longe a principal causadora de toda a devastação que vem acontecendo no planeta e vai atrás das grandes ONGs ambientalistas pra saber por que eles nunca falam sobre a pecuária. Se ela fosse um agente secundário pelo menos... mas principal?!

Trailer:

              São revelados dados que são de cair o queixo, de deixar a gente bobo mesmo. Como podemos não saber dessas coisas? Por que escondem isso da gente?
              O documentário está disponível pra venda no site oficial e agora também  na Netflix

Eu terminei hoje de assistir e acho que todo mundo tem que ver isso. Principalmente quem se diz ambientalista, defensor do meio ambiente ou vive reclamando das mudanças climáticas que vêm acontecendo no planeta. Deixe seu orgulho de lado, pense no seu planeta, pense nos seus filhos e netos. Não tem ou não quer ter filhes? Pense nas crianças que já estão aí e que com certeza sofrerão muito com tudo isso que acontece no planeta. Pense nos seus sobrinhos, nos filhinhos dos seus amigos. Sustentabilidade é isso! É viver bem sem prejudicar as futuras gerações e definitivamente não é isso que estamos fazendo!

Sobre o documentário achei perfeito, ele mostra cálculos muito fáceis de entender. Pra quem não gosta de assistir documentários com cenas fortes de maus tratos a animais, pode assistir a esse “tranquilamente” (não tem como ver dados como esses e ficar tranquilo, mas...), ele contém “apenas” uma cena do abate de um pato e fica bem claro de ver a hora que vai acontecer, dando a chance de virar a cara ou fechar os olhos pra quem não quiser ver. O documentário trata basicamente sobre o impacto da pecuária no meio ambiente. Uma coisa que achei estranho é a forma como ele se refere aos tipos de alimentação, citando a vegana como sendo isenta de alimentos de origem animal e vegetariana incluindo leite, ovos e derivados (o que está errado). Mas como ainda é amplamente difundido esse conceito de forma errônea, penso que ele falou dessa forma pra ficar mais fácil de atingir todos os públicos. E ele se refere apenas à alimentação no filme, mas devo relembrar que veganismo não é dieta, inclui muitos outros hábitos. Isso que ele fala no filme é sobre alimentação VEGETARIANA (alimentação isenta de ingredientes de origem animal).

Um tópico que eu discordei é sobre a Segunda Sem Carne, que eles tratam como sendo inútil na batalha pelo meio ambiente. Realmente pra quem é vegano é complicado ver uma pessoa se vangloriando por aí por passar 1 dia na semana sem comer carne (e os ovos e laticínios continuam, claro). Mas devemos parar pra pensar que se todas as pessoas (isso só nos EUA) parassem de comer carne durante 1 dia na semana, a redução do impacto ambiental seria gigantesca! Nesse trecho do documentário “Uma Verdade mais que Inconveniente” é mostrado claramente o que aconteceria se as pessoas dos EUA deixassem de consumir carne em 1, 2, 3... até todos os dias da semana. Agora imagine isso no mundo todo? E quem adere à campanha da Segunda sem Carne realmente com consciência do que está fazendo, muitas vezes acaba expandindo pra 2, 3 dias na semana, muitas vezes abolindo totalmente a carne da alimentação e até tornando-se vegan. Um exemplo disso é o caso da jogadora Fernandinha da seleção brasileira de vôlei, que tornou-se vegana começando com a segunda sem carne.

(Trecho do documentário "Uma verdade mais que Incoveniente, que mostra como a redução do consumo de carne tem impacto na redução da emissão de gases do aquecimento global.)

Esse documentário “Uma Verdade mais que Incoveniente” também é muito bom e foi feito pra questionar o documentário de Al Gore, que fala de forma assustadora sobre o aquecimento global e sequer citava a pecuária como um dos agentes causadores disso tudo, que dirá falar que é a principal. Posteriormente ele admitiu o papel da pecuária na devastação do planeta e tornou-se vegano. Assista também no You Tube:


Bom, gente, já me alonguei muito, mas o que eu quero dizer com esse post é que temos que parar e pensar sobre nossos atos! Que somos nós sim, responsáveis por tudo de ruim que está acontecendo ao planeta! O consumo de carne e de produtos de origem animal é o principal responsável pela destruição do meio ambiente, seja com a emissão de gases do aquecimento global, seja poluindo os mares, consumindo água ou devastando as florestas! A mudança precisa acontecer urgente!!! 
A emissão de CO2 precisa sim reduzir o mais rápido possível, mas o metano produzido pelos rebanhos pode ser até 100 vezes mais nocivo à atmosfera do que o CO2, então a redução da emissão de metano precisa ser priorizada pra que os efeitos sejam vistos mais depressa! Um simples bife de 110g que você consome na sua rede de fast food preferida gasta 25 MIL LITROS de água pra ser produzido, sem falar nos quilos e mais quilos de alimento que o animal precisa ingerir pra se desenvolver, alimento esse que poderia alimentar toda a população faminta do mundo! Quanto às criações "orgânicas" de gado, os gastos são ainda maiores! E você aí achando que vai salvar o mundo por fechar a torneira enquanto escova os dentes... 
Os efeitos do aquecimento global estarão muito mais evidentes antes mesmo do ano 2050. Estaremos todos aqui pra ver e sentir na pele! E nós podemos SIM mudar isso, ou pelo menos retardar! Basta que as devidas providências sejam tomadas. Se a principal causadora disso tudo é a pecuária, então é ela que tem que ser reduzida a zero! Se o metano é o gás que mais contribui pro aquecimento global, é a emissão dele que tem que ser reduzida primeiro, gerando assim resultados mais rápidos. Assista o documentário e você entenderá tudo isso que estou falando. Os grandes pecuaristas e o governo podem até querer parar quem luta pra que todos saibam disso, mas não podem nos impedir de mudar nossos hábitos, não podem impedir que cada um faça sua parte. Basta sairmos da zona de conforto e darmos o primeiro passo.

Se você não quer parar de comer carne ou reduzir o seu consumo pelos animais, faça-o pelo planeta, por você mesmo, pelas pessoas que não têm o que comer, pelas próximas gerações! Ou pelo menos reduza o consumo o máximo que conseguir! Se todo fizerem isso, já será de grande ajuda!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...